Gerenciamento-de-redes

Atualmente a redes de computadores são compostas por uma série de dispositivos que tem como intuito comunicar e compartilhar recursos. A eficiência dos serviços prestados está associada ao bom desempenho dos sistemas da rede.

Para gerenciar esses sistemas e as próprias redes, um conjunto de ferramentas automatizadas é necessário, sendo fundamental a utilização de técnicas padronizadas para a correta representação e a troca dessas informações.

O gerenciamento de rede visa maximizar a eficiência e produtividade coordenando e controlando todo o fluxo de dados assegurando um certo nível de qualidade no funcionamento.

Seus objetivos:

• Controlar o funcionamento de uma rede de computadores e sua complexidade
• Otimizar o serviço de comunicação e uso de recursos disponíveis
• Diminuir o tempo de indisponibilidade de uma rede
• Auxílio no controle de gastos

Suas funções:

• Planejar desde o inicio
• Configurar o ambiente a fim de facilitar os processos e rotinas da rede
• Gerenciar a rede no contexto geral: segurança, desempenho e contabilização
• Monitoramento em tempo integral

Como parte do gerenciamento, o monitoramento recebe um papel muito importante no processo, pois através dele poderá ser realizado uma ação proativa.

Benefícios

• Aumento na competitividade e Market share, concentrando seus recursos existentes e investimentos em atividades que sejam o seu foco de atuação e que possibilitem a geração de receitas.
• Eliminação de investimentos com infraestrutura, incluindo os custos de aquisição durante a implantação e os custos totais de propriedade ao longo da sua vida útil.
• Redução dos custos operacionais, sobretudo pela eliminação de custos com atividades de recrutamento, capacitação e administração de profissionais, assim como atualização da infraestrutura de Telecom e TI.
• Garantia da disponibilidade, desempenho e capacidade das redes do cliente, reduzindo riscos à continuidade do negócio, graças à adoção das melhores práticas do mercado, no que se refere à implementação de processos e gerenciamento de infraestrutura e serviços de Telecom e TI.
• Emissão de relatórios personalizados, de acordo com as necessidades do cliente, contendo informações sobre capacidade, uso e falhas, entre outros.
• Uso de melhores práticas.
• Ponto único de contato.

Entregáveis

• Gerenciamento de incidentes e problemas (registro, classificação, diagnóstico, resolução e fechamento)
• Diagnósticos e testes preventivos.
• Network Recovery.
• Ativação e desativação de componentes da rede.
• Análise de performance.
• Análise de tendências.
• Relatórios estatísticos de utilização de recursos.